Notícia

Ele vive! Ressuscitou! – Domingo de Páscoa

Fonte: Comunicação DMD

“Este é o dia que o Senhor fez para nós!” (Sl 118, 24). É Pascoa! Dia de vitória e de alegria! Venceu o pecado e a morte! Celebremos com muita fé e esperança! É passagem da morte para a vida e vida eterna! Ele ressuscitou! Aleluia! O sepulcro está vazio!

Segundo narra o evangelho de são João, no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro ainda de madrugada e viu o túmulo vazio! Jesus Cristo não estava mais ali, Ele está no meio de nós! Este é o marco da Páscoa! É preciso celebrar com alegria a Páscoa do Senhor! Também somos convidados a viver esta experiência de passar da morte para a vida nova e do pecado para a santidade!

“Cristo, nossa Páscoa, foi imolado”, celebrar esta realidade é algo tão grande na história da salvação que a igreja nos convida a estender o júbilo durante sete dias, onde se faz memória do mesmo dia em que Cristo ressuscitou, este acontecimento é conhecido como oitava de Páscoa.

 O Tempo Pascal nasce da Vigília e aí se faz a passagem do luto à alegria, do jejum ao banquete, da tristeza à festa. Tempo de alegria, de ação de graças, de aprofundamento do sentido do mistério cristão e da vida em Cristo, do mistério da Igreja e consequentemente do mistério da comunidade dos cristãos. O Tempo Pascal é um tempo litúrgico em que a fé católica recorda de forma intensa o mistério salvífico de Cristo.

A vida cristã é uma vida pascal. Esta vida nova é a vida de Cristo ressuscitado que agora vive e reina na glória de Deus Pai (Fil 2, 11).

Em cada ano e em todo o mundo, muitos são os que, na noite da Páscoa, nascem como nova geração do povo de Deus. Que pela graça do Pai, “renovados pelo vosso Espírito, ressuscitemos para a luz da vida”!

Da redação